Governo do Distrito Federal
15/06/22 às 16h08 - Atualizado em 20/06/22 às 16h16

Distrito Federal participa da 5ª edição do Fórum de Investimento Brasil

COMPARTILHAR

 

 

O Distrito Federal (DF) está participando da 5ª edição do Fórum de Investimento Brasil 2022 (BIF 2022), realizado nesta terça (14) e quarta-feiras (15) em formato híbrido.  A organização deste que é o maior evento de investimentos estrangeiros da América Latina está a cargo da Apex Brasil, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Governo Federal.

 

Na plataforma virtual do Fórum estão disponíveis estandes virtuais, para que os expositores possam apresentar seus projetos. No estande do Distrito Federal estão disponíveis projetos coordenados pela Secretaria de Projetos Especiais do GDF (SEPE) e do Parque Tecnológico de Brasília, o Biotic. Representantes dos dois órgãos também participaram presencialmente do evento, abrindo oportunidades para diálogos e networking.

 

 

Para a Chefe do Escritório de Assuntos Internacionais do DF, Renata Zuquim, o Fórum é uma oportunidade ímpar de estabelecimento de cooperações internacionais e atração de investimentos. “Temos a oportunidade de realizar uma exposição positiva da nossa capital por meio da apresentação de iniciativas. Em relação à tecnologia, o Biotic é um mostruário do que o Distrito Federal pode oferecer. O GDF está alinhado com a inovação e a internacionalização”, celebra.

 

Palestras de abertura

 

A cerimônia de abertura contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro; do ministro da Economia, Paulo Guedes; do ministro das Relações Exteriores (MRE), Carlos França; do presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Maurício Claver-Carone; e do presidente da Apex-Brasil, Augusto Pestana.

 

Na ocasião, o ministro Paulo Guedes falou sobre o conceito nearshoring, em que há uma busca por negócios entre países próximos geograficamente para facilitar a logística. “Qual é a única plataforma de amigos que estão perto? É a do Brasil. Essa ficha caiu para os outros países. Estamos perto, do ponto de vista de logística, e ao mesmo tempo somos confiáveis porque somos uma democracia com economia de mercado”, explica o ministro.

 

 

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, embaixador Carlos França, acrescenta que o Itamaraty busca promover os mais diversos setores em que o país é competitivo. “Temos trabalhado para atrair ao Brasil investimentos sobretudo em projetos estruturantes, para promover a modernização e a competitividade de nossa economia”, diz.

 

Em sua fala, o presidente da Apex Brasil, Augusto Pestana, se mostrou otimista. “Estamos nas cinco regiões do país ao lado do empresário brasileiro em sua crescente jornada de internacionalização. Voltamos a ser uma das dez economias do mundo. O Brasil entra invariavelmente na coluna das soluções e não dos problemas globais. É esse país que a Apex tem a missão de divulgar lá fora. A Apex estará sempre ao lado do investidor estrangeiro para que ele tome a decisão certa de investir ou não investir no Brasil”, garante Pestana.

 

Para o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Claver-Caroni, o Fórum é um grande sucesso. “Estou aqui hoje, porque acredito que aqui estão os investidores certos no local certo. O Brasil está em ascensão, e isso não é política, é fato. O Brasil é a potência econômica da América Latina e do Caribe. Mapeamos 100 áreas chaves em que o Brasil está posicionado para aproveitar oportunidades. O Brasil é um dos 10 países do mundo mais atraentes para investimento interno atualmente”, conclui Claver-Caroni.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br