Governo do Distrito Federal
27/04/22 às 10h35 - Atualizado em 27/04/22 às 10h45

1º Prêmio Candango de Literatura é lançado em Brasília

COMPARTILHAR

 

 

O 1º Prêmio Candango de Literatura foi lançado nesta terça-feira (26), no Cine Brasília. Idealizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Distrito Federal (SECEC/GDF), o Prêmio celebra Brasília como Capital Ibero-americana das Culturas 2022 – título concedido ao Distrito Federal pela União de Cidades Capitais Ibero-americanas, rede de cidades da qual Brasília faz parte. Além disso, a iniciativa conta com a articulação do Escritório de Assuntos Internacionais (EAI), especialmente em relação ao contato com as embaixadas presentes em Brasília que representam países de fala portuguesa.

 

Escritores, autoridades e a comunidade local prestigiaram o evento, que foi aberto com apresentação alusiva à obra “A Terceira Margem do Rio”, de Guimarães Rosa, interpretada pela Companhia Armorial. A cerimônia marca o início das inscrições para o concurso, em que autores de quatro continentes poderão concorrer ao Prêmio a partir da produção literária lançada em 2021 em português. As inscrições ficam abertas até o dia 28 de maio de 2022.

 

A iniciativa busca incrementar a circulação no Brasil da produção recente de escritores e escritoras de países lusófonos. Serão R$ 180 mil distribuídos em oito categorias – romance, conto, poesia, Prêmio Brasília, capa, projeto gráfico e duas linhas de incentivo à leitura (geral e pessoa com deficiência).

 

 

Segundo o titular da SECEC, Bartolomeu Rodrigues, o Prêmio é fruto de uma ação coletiva. A ideia de lançar esse concurso literário veio junto com a pandemia, com o confinamento das pessoas em suas casas e apartamentos. Esse momento foi de reflexão sobre hábitos e descobrimos que algo maravilhoso surge em um momento caótico. O livro continua sendo o instrumento mais ágil e acessível! O livro vive”, declara o secretário.

 

Parceiro no projeto, o presidente da Casa de Autores, Maurício de Albuquerque destaca que Brasília merece esse prêmio pelo pertencimento e diversidade que a cidade possui. “A literatura candanga tem todos os sotaques do Brasil . Vida longa ao Prêmio Candango de Literatura”, deseja.

 

Presente por meio de vídeo, o curador do Prêmio, Ignácio de Loyola Brandão ressalta a importância do prêmio e da literatura nos países de língua portuguesa. “Esse prêmio é para todos os países que escrevem e falam a nossa língua”, diz.

 

 

Ao fim da cerimônia, o Cine foi invadido pelo som poético do artista ceilandense, ícone do hip hop brasileiro, GOG. “Precisamos ir além das asas do avião. Tem muita gente fazendo literatura e “literarua”, arremata diante dos aplausos da plateia.

 

Para conhecer os detalhes do edital do 1º Prêmio Candango de Literatura, visite https://premiocandangodeliteratura.com.br/.

 

*Com informações da SECEC e EAI.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br