Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/18 às 16h34 - Atualizado em 20/12/18 às 11h32

Programa de Desativação do Aterro do Jóquei

Em janeiro de 2018 foi desativado o Aterro do Jóquei, o segundo maior lixão a céu aberto do mundo, com o tratamento adequado do lixo, a inclusão social de cerca 3 mil catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis à cadeia produtiva, bem como a indicação de ações para a requalificação da área.

 

Segundo o Serviço de Limpeza Urbana do DF (SLU), apenas em 2016, foram aterrados 830 mil toneladas de resíduos domiciliares no lixão. O depósito de lixo foi criado sem planejamento, sem que o solo fosse impermeabilizado. Ao longo do tempo tem provocado riscos ao meio ambiente e à saúde da população do Distrito Federal. O governo realocou os catadores que sobreviviam do lixão em cooperativas e associações contratadas pelo GDF para prestar serviços de recuperação de resíduos sólidos. Os catadores, que antes atuavam por conta própria, receberão um valor por tonelada de resíduos separados nos galpões de triagem.

 

A Assinter atuou na viabilização de oportunidades de divulgação internacional do projeto, o que levou ao reconhecimento de Brasília como Capital Verde Ibero-Americana pelo biênio 2017-2018 (UCCI), bem como concedeu ao GDF o Prêmio Latino-Americano ao Bom Governo Local (FLACMA).

 

Processo: 1.1.1. Prospecção de oportunidades – Apoio a projetos.
Parceiros Internos: Escritório de Projetos Especiais – EPE, SEMA, SLU, TERRACAP, NOVACAP, Secretaria de Educação, SINESP, AGEFIS, CACI, SEDESTMIDH, ADASA, CEB.
Parceiros Externos: MMA, ABIVIDRO, URE, SENAI, Instituto Federal de Brasília (IFB).
Local: Estrutural – DF.
Público Alvo: Catadores de materiais recicláveis, população da Estrutural.
Legislação: Lei nº 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei n° 5.418/2014 – Política Distrital de Resíduos Sólidos.
Orçamento: R$ 14.456.636,00 (2017), R$ 19.955.868,00 (2018).

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: ODS 1, 7, 8, 11, 13, 15, 17.

“O Lixão da Estrutural é o segundo maior do mundo. Só perde para o lixão de Jacarta, na Indonésia. É um problema social muito grande e ambiental da mesma dimensão. Se a gente partisse para a condição de encerrar o lixão e não realocássemos os catadores, estaríamos criando uma condição social muito grave!”

(Silvano Silvério, Diretor-Adjunto da Superintendência de Limpeza Urbana – SLU)

Secretaria Extraordinária de Relações Internacionais - Governo de Brasília

SRI

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar, Sala 211 - CEP: 70075-900 Telefone: (61) 3961.4685 | E-mail assessoria.internacional@buriti.df.gov.br