Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/08/13 às 11h46 - Atualizado em 26/08/13 às 22h07

GDF e Nações Unidas pela conscientização sobre o HIV

Agnelo Queiroz e Odilon Frazão recebem representantes da UNAIDS

UNAIDS5 BAIXA

Representantes do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) se reuniram, nesta quarta-feira (7), com o governador Agnelo Queiroz e com o secretário-chefe da Assessoria Internacional do GDF para unir esforços e assinar um protocolo de intenções para o combate à AIDS.

O Programa acaba de lançar a campanha Proteja o Gol, que pretende integrar o esporte ao combate ao HIV/AIDS até a Copa do Mundo de 2014. A ideia é que durante os jogos da mundial, o UNAIDS, os jogadores e demais parceiros enviem mensagens à sociedade sobre a prevenção do vírus. O apelo feito pelos atletas em suas mensagens deve alcançar jovens e fãs do futebol, incentivando a consciência da população sobre o tema.

“Queremos lançar, em Brasília, a campanha no dia 14 de julho de 2014 e contamos com o apoio do Governo do Distrito Federal e de sua equipe para nos ajudar a dar projeção mundial a essa ação”, planeja o conselheiro principal do UNAIDS, Djibril Dualle, que veio de Nova Iorque para a assinatura do protocolo. Ele conta que já foi feito um acordo com a prefeitura de Salvador-BA para realizar o mesmo evento em 13/7 do mesmo ano.

De acordo com o governador, o Distrito Federal vai apoiar integralmente a o projeto. “Este é um momento muito rico para esse tipo debate e a atenção voltada para a Copa do Mundo deve ser aproveitada para promover a campanha. Será um legado importantíssimo para o DF o aumento da consciência da população pela prevenção, tratamento e contra o preconceito com os portadores do vírus. Estamos muito animados e o UNAIDS pode contar conosco para o lançamento da campanha Proteja o Gol no DF. É uma luta humanitária e estamos juntos nisso”, disse.

Adele Benzaken, médica e Oficial de Programa do UNAIDS/Brasil conta que campanha está centrada no objetivo de obter “zero novas infecções pelo HIV, zero discriminação e zero mortes relacionadas ao HIV” e pretende-se levá-la a cada uma das 12 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014.

Para Odilon Frazão, a parceria é uma importante ferramenta nessa luta. “A união internacional vai, certamente, render ótimos resultados não apenas no DF como no mundo todo. Brasília tem a responsabilidade de ser uma das cidades-sedes da Copa e vamos trabalhar para que esse evento se transforme em um marco em favor da conscientização sobre a epidemia”.

O encontro contou, ainda, com a presença do Diretor do UNAIDS na América Latina, César Nuñes; com o secretário de Esporte do DF, Julio Cesar Ribeiro; o Secretário Extraordinário da Copa, Cláudio Monteiro; e o Secretário-Adjunto de Saúde do DF, Elias Fernando Miziara.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br