Governo do Distrito Federal
23/02/22 às 15h06 - Atualizado em 23/02/22 às 15h28

Galeria Fayga Ostrower é reaberta com exposição da Embaixada do México

COMPARTILHAR

 

Fotos: Ananda Ribeiro / EAI-GDF

 

A Galeria Fayga Ostrower, fechada desde novembro de 2021 para reparos, reabre nesta quarta-feira (23) com a exposição “Maravilhas do México”, que ficará disponível até o dia 31 de março, gratuitamente. Promovida pela Embaixada mexicana no Brasil, com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do Distrito Federal (SECEC/EAI/GDF), a mostra abre a programação do projeto Brasília – Capital Ibero-americana das Culturas (CIC) 2022.

 

O título foi conquistado pela capital brasileira junto à União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI), rede da qual Brasília é membro nato desde 1987. “Esse reconhecimento é fruto de um trabalho conjunto de promoção internacional de nossa cidade promovido por diversos órgãos do GDF”, ressalta a chefe do EAI, Renata Zuquim.

 

 

Para ela, “é especialmente significativo receber a exposição “Maravilhas do México”, apresentada pela Embaixada mexicana — já que ela proporciona uma maior aproximação entre nossas culturas e nossos países, ao passo que evidencia o papel da arte como um vetor de conhecimento e reconhecimento”, afirma.

A Galeria Fayga Ostrower está localizada no Eixo Cultural Ibero-americano, antigo Complexo Cultural Funarte de Brasília. Emocionado, o titular da SECEC, Bartolomeu Rodrigues, anunciou que o Eixo Cultural Ibero-americano vai ser o centro das atividades da CIC 2022. “Estamos pensando em uma programação diversificada, que fortaleça nossas raízes ibero-americanas”, destaca.

 

Além de iniciar as atividades no âmbito da CIC 2022, a realização da exposição celebra o bicentenário de independência do México (2021) e do Brasil (2022), além dos 190 anos de relações diplomáticas entre os dois países.

 

 

Na ocasião, o embaixador do México, José Ignacio Piña Rojas, falou sobre o planejamento da Embaixada para este ano. “Decidimos associar nosso programa de promoção cultural 2022 ao projeto CIC. Nesse contexto, apresentaremos ao longo do ano diversas atividades nos âmbitos das artes visuais, a música, o cinema e a gastronomia”, comemora.

 

A curadoria da exposição foi feita pela produtora cultural Lee Soares. Ela reuniu um grupo de 15 artistas,  que estudaram sobre arte e cultura mexicana e produziram as obras expostas. As técnicas utilizadas são variadas: aquarela, acrílica, óleo, carvão e pastel. Em destaque, estão obras inspiradas em Frida Kahlo.

 

 

 

 

EXPOSIÇÃO “MARAVILHAS DO MÉXICO”

Local: Galeria Fayga Ostrower.

Endereço: Eixo Cultural Ibero-americano – Eixo Monumental, Setor de Divulgação Cultural – Lote 2, SDC (antigo Complexo Funarte).

De 24/2 a 31/3.

Dias de visitação: sexta a domingo.

Horário de visitação: 10h às 17h.

É obrigatório o uso de máscaras.

Entrada gratuita.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br