Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/08/16 às 17h15 - Atualizado em 3/08/16 às 17h24

Alunos dos CILs conseguem estudar no exterior por meio de parcerias

Programas oferecem bolsas de estudos, viagens e aprendizados de outras culturas em países como Alemanha, Estados Unidos e Japão. Júlia Moreschi e Ana Clara Martins viajaram para a Alemanha em janeiro

Guilherme Pera, da Agência Brasília


Parceria é palavra-chave nos Centros Interescolares de Línguas (CILs). O contato constante com embaixadas e governos estrangeiros possibilita viagens dos alunos dos CILs ao exterior. São exemplos disso o programa Jovens Embaixadores, que leva alunos para os Estados Unidos; o Visita Cultural ao Japão, com intercâmbios para o Oriente; e o Escolas: uma Parceria para o Futuro (Pasch), termo de cooperação técnica firmado com o Instituto Goethe, responsável pela distribuição de bolsas de estudos na Alemanha.

Júlia Moreschi e Ana Clara Martins, beneficiadas por um programa do governo alemão, conheceram o país em fevereiro deste ano.
Júlia Moreschi e Ana Clara Martins, beneficiadas por um programa do governo alemão, viajaram para o país em fevereiro deste ano. Foto: Andre Borges/Agência Brasília

O CIL e o Japão

Ingrid Oliveira dos Santos tem 18 anos e estuda no CIL de Sobradinho desde 2010. Cursou francês, mas só por um semestre. A paixão é outra: o japonês, língua para a qual conseguiu matrícula há quatro anos. O idioma (e até o alfabeto) completamente diferente do português não foi barreira para que a jovem conseguisse, em junho, passar duas semanas (de 16 a 30) no Japão e conhecer cidades históricas, como Hiroshima e Kyoto.

Por meio do programa Visita Cultural ao Japão, que seleciona alunos de 15 a 18 anos matriculados no ensino médio da rede pública, Ingrid teve a viagem toda custeada pela Fundação Japão. Para isso, foi necessário demonstrar os conhecimentos da língua aprendidos no CIL. “Tive de escrever uma redação explicando em japonês o porquê de eu querer ir para o Japão. O CIL abre muitas portas para quem demonstra interesse”, conta a jovem, que pretende ser universitária no Oriente.

O CIL e a Alemanha

Ana Clara Martins e Júlia Moreschi, ambas de 17 anos e estudantes do CIL 1 de Brasília, na Asa Sul, viajaram para a Alemanha em janeiro deste ano. A dupla foi beneficiada pelo Escolas: uma Parceria para o Futuro (Pasch), programa do governo alemão formado por uma rede mundial de 1,5 mil escolas. Em Brasília, um termo de cooperação técnica firmado com o Instituto Goethe incluiu o CIL 1 na lista.

 

Ana Clara Martins e Júlia Moreschi são alunas do CIL1, na Asa Sul.
Ana Clara Martins e Júlia Moreschi são alunas do CIL 1, na Asa Sul. Foto Andre Borges/Agência Brasília

Tanto Ana Clara quanto Júlia ganharam bolsa de estudos de três semanas na cidade de Frankfurt. “Foi minha primeira viagem para fora do País. Visitamos museus, cinema, teatro e conhecemos mais outras quatro cidades – Mannheim, Mainz, Heidelberg e Feldberg”, relata Ana Clara. “O mundo se tornou bem menor”, completa Júlia. Ao final da experiência, elas tiveram de escrever um relato sobre a viagem. O de Júlia foi eleito o segundo melhor dos 16 alunos brasileiros que participaram.

O CIL e os Estados Unidos

O programa Jovens Embaixadores, criado pela missão diplomática dos Estados Unidos, está na 14ª edição. Por meio dele, estudantes de ensino médio da rede pública de 15 a 18 anos são selecionados para ir àquele país. Outros pré-requisitos são necessários: participar de iniciativas voluntárias há pelo menos um ano e ser fluente em inglês, além de ter pouca ou nenhuma experiência no exterior.

Os estudantes são submetidos a testes orais e escritos para medir a fluência no idioma e recebem visitas de representantes da embaixada estadunidense em casa para constatar a condição socioeconômica. Os classificados nessa etapa passam por concorrência nacional sob o julgamento de um comitê de avaliação. O programa é anual e está com inscrições abertas até 19 de agosto.

Outros programas relacionados ao CIL

Os Centros Interescolares de Línguas mantêm outras parcerias com missões diplomáticas que não envolvem viagens de estudantes. No programa Líderes Internacionais em Educação, por exemplo, a Embaixada dos Estados Unidos seleciona professores da rede pública para passarem um semestre em uma universidade daquele país. A iniciativa inclui aulas e treinamento intensivo em metodologias de ensino. A próxima edição ocorrerá no início de 2017.

A Semana da Francofonia, atividade prevista no calendário oficial dos CILs, é um evento em que estudantes de francês dos centros participam de diversas atividades que permitem a prática linguística e cultural de países que integram a Organização Internacional da Francofonia. Em 2016, a semana escolhida foi a de 16 a 23 de março. Os temas foram a solidariedade e os Jogos Olímpicos – o francês é uma das línguas oficiais do Comitê Olímpico Internacional.

O Embaixadas de Portas Abertas tem como objetivo transformar as residências de embaixadores em espaços de aprendizagem para alunos da rede pública. Idealizado pela colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg, esposa do governador Rodrigo Rollemberg, o programa propiciou, entre outras experiências, a doação de obras literárias infanto-juvenis pela Embaixada do México para os CILs.

Matrículas abertas nos Centros Interescolares de Línguas

As matrículas para o segundo semestre de 2016 estão abertas até esta sexta-feira (22). São 3,8 mil vagas para estudantes da rede pública a partir da sexta série do ensino fundamental. Caso sobrem vagas, haverá sorteio aberto à comunidade. A ficha de inscrição está no site da Secretaria de Educação desde 4 de julho.

As aulas – nos períodos matutino (das 8 às 12 horas), vespertino (das 14 às 18 horas) e noturno (das 19 às 22 horas) – começam em 22 de agosto. O resultado da primeira chamada será divulgado em 11 de agosto, e a matrícula precisa ser efetivada em 12, 15 e 16 de agosto. A lista da segunda chamada será divulgada em 19 de agosto, e as inscrições ocorrerão em 22 e 23 do mesmo mês.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br